Elygas: O que aconteceu a esta antiga empresa de luz em Portugal?

Conheça a Elygas Power, saiba quais as principais queixas apresentadas à fornecedora e que fizeram com que deixasse de atuar no mercado de energia em Portugal. Saiba quais as outras opções para ter luz do mercado livre.


Elygas Power: Quando deixou de atuar em Portugal?

A Elygas foi uma comercializadora de eletricidade que atuou em Portugal entre 2015 e 2017.

Com cerca de 5 mil clientes em que a maioria era de baixa de tensão normal - cerca de 4800 -, a Elygas Power encerrou em atividade em Portugal por incumprimento de obrigações do Mercado Livre de Energia em Portugal.

Elygas Power EDP Universal

De forma a garantir que nenhum cliente era prejudicado nem corria o risco de ficar sem luz, todos os clientes da Elygas passaram a ser automaticamente fornecidos pela EDP Serviço Universal, a única comercializadora do Mercado Regulado em Portugal.

Esta opção, ditada pelo Regulamento de Relações Comerciais do Setor Elétrico, não implica que, posteriormente, os clientes sejam obrigados a permanecer no mercado regulado. Pelo contrário, são incentivados a procurar uma das muitas fornecedoras do mercado livre de energia, para o qual têm de mudar até ao início de 2019.

Elygas Portugal: Contactos

Apesar de agora aconselharmos o contacto direto com a EDP Universal ou a a própria ERSE para resolver assuntos relacionados com esta fornecedora de luz, apresentamos os antigos contactos da Elygas.

Enquanto estava ativa, a sede da delegação da Elygas Portugal localizava-se no norte do país e tinha como número de identificação fiscal (NIF) o 980542871.

Morada Elygas - AntigaR. Raimundo Carvalho, 171 4430-186 Vila Nova de Gaia

Lembramos que esta morada da Elygas no Porto funcionava até ao momento em que a fornecedora estava ativa, agora já não.

Ao realizar uma reclamação da Elygas, era aconselhado a escrever para o email info@elygas.com.pt, que foi também desativado entretanto.

Além da Elygás, mais comercializadoras tiveram problemas no fornecimento de eletricidade no mercado livre. Estas foram as empresas de energia que deixaram de prestar serviços em Portugal nos últimos anos:

Elygas Portugal Problemas

Elygas: Fraude e Reclamações

Entre as principais reclamações e razões que levaram a ERSE a proibir a comercialização de energia desta empresa, está a fraude da Elygas denunciada por vários clientes.

Entre os principais problemas destacados pela Elygas na Deco, estão, por exemplo, as burlas nos contratos e os trabalhadores da Elygas que se faziam passar por agentes de outras empresas de energia para celebrar contratos de eletricidade.

Tarifas e Preços da Elygas

Na altura, os preços da Elygas eram bastante competitivos e, também por isso, conseguiu angariar muitos clientes num curto espaço de tempo.

Além disso, ao contratar a Elygas, os consumidores podiam optar por todas as potências disponível no mercado e escolher entre o ciclo horário simples, bi-horário ou tri-horário, o que era uma vantagem.

Preços Elygas
Ciclo Horário Preço do kWh Elygas
Simples 0,1629 €/kWh
Bi-Horário 0,2014 €/kWh (fora de vazio) e 0,0996 €/kWh (vazio)
Tri-Horário 0,3245 €/kWh (ponta), 0,1642 €/kWh (cheias) e 0,0999 €/kWh (vazio)

Contratar Energia no Mercado Livre

Ao ser cliente da Elygas, em 2018 passou automaticamente para o mercado regulado de energia, sendo fornecido pela EDP Universal. Pode ter mudado de imediato para o mercado livre ou pode continuar a ser cliente da EDP Universal. Neste caso, talvez esteja na altura de mudar para o mercado livre - obrigatório em Portugal até ao início de 2021.

EDP
Endesa
Goldenergy
Iberdrola
Galp
Naturgy
Ecochoice
Rolear Viva

Estas são algumas das principais empresas de eletricidade do mercado livre em Portugal que pode contratar. Ainda assim, aconselhamos a consulta do nosso comparador de preços de energia para perceber qual a melhor opção para si, tendo em conta o seu consumo.